SOU BRASILEIRA E NÃO DESISTO NUNCA!!!!!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Tentações

Oi queridas!

Eu continuo viva, continuo na mesma, continuo lutando......e assim caminha a humanidade...afff tive uma diarréia cerebral

Fiz um plantão imobiliário em uma feira agropecuária, e pude perceber(como se não soubesse disso) que sou facinha messsmo.
Cercada por quebra-queixo, coquinhos, churros variados, crepes doces e salgados (sem preconceito), e à noite vinho, daqueles do sul docinho....
Balanço:
Vendas: 0
Quilos extras: 2
Saco: cheio
Bosta de vaca: até a tampa
Como sou muito otimista, e positiva, foi engraçado em alguns momentos, me diverti com as meninas, assisti a um show, vi muita gente (feia e bonita), quero chegar no seguinte:
Tendo fácil acesso a comidas tentadoras, eu me entrego.
Então é simples: Devo ficar longe, por que resistir realmente é muuuito difícil, principalmente quando estou em lugar diferente da minha rotina.
Por exemplo: estou em outra imobiliária e agora é no centro da cidade, tem várias tentações por perto, vou com as colegas no café ao lado, e só acompanho, não como, no máximo uma água de côco, me sinto tão bem, a sensação de bem estar permanece por algumas horas pelo fato de ter resistido, e se me entregar fico com a sensação de frustração por mais tempo.
Maria/Andrea, continuo morando aqui, mas estou muito relapsa e ando sumida mesmo, fico cansada de tanta teoria e nenhuma prática, só falo, caraio viu......
Continuo na luta, esses 2 quilos que ganhei, tô querendo passar pra frente, mas ninguém quer, então vou ter que eliminá-los eu mesma, ganhar leva uns 3 dias, mas eliminar leva bem 1 mes. E burra velha não aprendeu isso ainda? MEUDEUS......aquelas bem dramáticas: PORQUE EU???!!! rsrsrsrs brincadeira hein gente
beijos
Até a próxima diarréia

2 comentários:

  1. Obrigada, mas eu não quero não, joga fora porque acho que ninguém vai querer esses 2 kg não! kkkk
    Bom saber que voltou por aqui, andou sumidinha mesmo né?
    Sobre o seu jeito de administrar as coisas, achei ótima a sua avaliação, a honestidade com que pensou a respeito. Cada um tem que entender como funciona para, então, saber como terá que agir/reagir para ter um caminho mais suave na direção do que deseja alcançar. Se para você é mais difícil conviver com certas coisas sem se atirar nelas, então tem mesmo que evitar o convívio, até que se sinta preparada. Eu já fui meio radical na avaliação de certas coisas, demorei a entender que para cada um as situações 'batem' de um jeito. Eu, se estou concentrada, posso estar mergulhada dentro de uma banheira de coisas que gosto, sem pegar nada, e sem me sentir coitada. Mas se não estou, vou beliscando uma coisinha aqui e outra ali, tão de leve que nem percebo e aí, de repente, o estrago dessas coisas somadas me é atirado na cara. Então, é cada um se conhecendo cada vez melhor e trabalhando as coisas do jeito que percebe que precisa. Vá em frente, viu? Parabéns pela reflexão e pela reação a seu favor. Beijos e ótima semana. E não sumaaaaaaaaaa!! :))))

    ResponderExcluir
  2. Oi Má!
    Espero que ja tenha encontrado alguma doida pra ficar com esses dois kilos, rsrs.
    Também não quero!

    Eu adoro esse seu bom humor. Me identifico muito, rsrs.

    Sabe, acho que não adianta a gente errar sempre e ficar dando mil desculpas...
    Também prefiro assumir quando erro e não faço disso um drama. Tento é corrigir e invarialvelmente, tiro sarro da própria situação que eu mesma criei, afinal, ninguém enfia a comida na minha boca, né?
    Detesto ler nos blogs por aí a palavra :jaquei!
    Pq daí vc olha as postagens anteriores e a pessoa tá jacando faz é tempo, rsrs.
    Acho graça.

    Bem, e como estão as coisas aí??
    Olha, gostei de ver que vc acompanha suas colegas de trabalho no café e não come. Isso sim é atitude!
    Aqui também tenho esse "probleminha".
    O povo sai no horário do almoço e já quer logo comprar guloseimas... eu fico sempre fora. Não dá pra facilitar.

    Bem, vamos lá... mande notícias, tá?
    Beijos.

    ResponderExcluir