SOU BRASILEIRA E NÃO DESISTO NUNCA!!!!!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

O chines!

Eu tenho fama de briguenta, mas tem certas coisas que a gente atrai mesmo, eu atraio barraco, não tenho dúvidas, vou contar a última:
Sexta-feira fui comprar umas lanterninhas que meus filhos levariam na noite do pijama na escola de inglês, pobre é uma merda mesmo, pensei: Vou no 1,99.Achei duas de 5,00 cada, o chines dono do estabelecimento é uma cara mal humorado, grosso, com cara de mafioso, nada contra chineses, apenas é um fato que aconteceu, por favor não me processem, devemos ter liberdade de expressão.
O chines foi um grosso com uma senhora que estava na minha frente, coitada, mas enfim ele testou as lanternar e uma delas estava com a pilha melada, sacolé!? mas ele trocou ela funcionou e fui embora.
Chegando em casa a merda da lanterna da pilha fodida não funcionou mais, e fui no sábado trocar.
Já estão imaginando o tamanho da confusão?
Antes de abrir a loja eu estava lá, toda me controlando para não apelar com o cara, me colocando no lugar dele, bla bla bla bla
Passei em outra loja de chineses também e vi a dona tratar uma funcionária, sem nenhuma consideração, fiquei meio cabreira, mas continuei com o mantra, para não chegar lá e chutar a cara do caboclo.
Foi assim:
Entrei, e disse : Olha a lanterna não está funcionando!
Ele olhou para a lanterna, e disse: É a pilha e pegou um pote em cima do balcão, cheio de pilhas usadas (dessas que eles usam para testar todos os eletronicos do lugar), e eu disse: Quero pilha nova, eu comprei a lanterna com pilhas novas! Ele disse: É promoção, não dá direito a pilha nova!
Nesse momento eu já estava sentindo meu sangue tomando conta do corpo todo fervendo..... eu disse~: Eu comprei ontem e quero a lanterna funcionando com pilhas que eu comprei!
Ele em nenhum momento tinha olhado para mim, ele pegou e jogou a lanterna no balcão e disse: Vai lá e troca! Fiquei cega e surda, mas muda não! No melhor estilo " O barraco", aquela cara de psicopata em surto(acho que essa cara é a minha mesmo, toda hora falo isso!), eu comecei a falar alto, bem alto, e ele nem olhou para mim, virou as costas, e foi juntando gente, aí o barraco ferveu:
- O senhor está no meu país, nem fala minha língua(ele só entendia o que interessava, o safado) e não quer me tratar como consumidora que sou, tenho meus direitos, quero ser tratada com respeito, daí eu já estava gritando; O SENHOR VAI ME TRATAR COM RESPEITO! Ainda bem que não disse nenhum palavrão(adoro!), os funcionários riam por trás dele de ver o maldito se foder, veio o segurança e me coloquei no meio do corredor, fiquei feito um paredão(visto que meu corpinho permite), a menina correu para trocar, me trouxe 4 lanternas, e nenhuma funcionou, ele resolveu me devolver o dinheiro, eu peguei, falei um monte de coisas para aliviar meu estresse....sobre os funcionários que são tratados de maneira grosseira.
Mas na saída eu caguei, passei bem na cara dele e disse bem alto: O SENHOR É UM IDIOTA!
Sabe o que ele disse para todos, enquanto eu ia saindo: com sotaque : Não sei porque essa mulher louca está me xingando, não entendo, não fiz nada.
Desgraçado, ou não entendeu nada do que eu falei sobre respeito, consumidor e coisa e tal, ou ele se fez de doido.
Enfim....mais um barraco contabilizado na minha vida.
beijos

2 comentários:

  1. Ele deve ter entendido sim. No fundo, ele sabe direitinho até onde estava certo e até onde a razão era sua. Eu também sou danada para fazer valer os meus direitos de consumidora, de cidadã etc. Meu filho sempre falou que eu sou barraqueira. Não sou. Eu sou, sim, defensora do que é certo, não admito que me tratem sem respeito e consideração, se é assim que eu trato todo mundo. E ainda eu pagando. Dou mesmo uma de Lady Kate e falo: Tô pagannnnnnnnnnnnnnndo!
    hahahaha
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Marilia, você fez o que muita gente tem vontade e não tiro a sua razão, e ainda acho que você foi boazinha com ele, poderia ter dado uns petelecos nas orelhas do idiota.
    Bjs
    Ale

    ResponderExcluir